segunda-feira, 16 de julho de 2012



Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez.
                                Caio Fernado de Abreu                                            

Nenhum comentário:

Postar um comentário