sexta-feira, 31 de março de 2017

DEPOIS DO FIM

Tanto que quis te esquecer que esqueci do que acontece depois do fim. Percebi que havia passado tudo que eu senti por ti. Aquela confusão de saudade, ciúme e medo, deu lugar a um completo silêncio. Tentei encontrar alguma partezinha de mim que estivesse com raiva, aflita ou simplesmente desesperada por te perder e, pela primeira vez desde que te conheci, não havia nada. Quis chorar. Há uma sincera tristeza em seguir em frente que não nos contam. É triste descobrir que seu paradeiro não me interessa mais, que sua presença não influencia no meu humor. É triste saber que quando eu lhe vejo sei que estamos exatamente como deveríamos estar: cada um para o seu lado.

Então, eu tento acreditar que você ainda vai contar comigo se precisar (embora saibamos que você não vai precisar), que não era pra ser (como uma determinação divina e não o fracasso das tentativas), que não precisamos nos tratar como estranhos (até porque é impossível ignorar o quanto sabemos um do outro).
Mas o que eu devo fazer com a vida que dividíamos? Fingir que não existiu? A gente não fala muito sobre isso, não é? Falamos sobre superação, deixar as mágoas para trás, excluir das redes sociais. Falamos até sobre não falar mais disso numa patética tentativa de nos ouvir dizer em voz alta o que o coração anda gritando por dentro. Mas não falamos sobre o que fazer com o livro que você me deu; na minha estante me faz lembrar você, na minha gaveta me faz temer você, e se eu te devolvesse? Quer dizer que nunca foi meu ou que eu nunca fui sua? E quanto a série que víamos juntos? Você estará ali, ao meu lado, quer eu queira ou não. Como contar uma história sem citar seu nome ou como mudar seu nome em uma história sem parecer que ainda gosto de você? Aliás, me perguntaram isso um dia desses. Eu disse que não, porque é verdade. Não gosto mais. Não como antes, não como nunca. O sentimento é outro, a situação é outra; eu também não sou mais a mesma.
Esse gostar está impregnado no livro, está na música de abertura daquela série. Esse gostar faz poesia para os altos e baixos que vivemos. Vê o lado bom de tudo, ainda quando não se tem mais nada. Esse gostar não me pertence mais. Quis chorar, mas não consegui. O amor que eu conheci contigo está cansado, maltratado, mas não perdeu as esperanças de renascer. Em outro peito. Em outra vida. Dessa vez, minha, e não mais nossa.
Martha Medeiros.

quinta-feira, 23 de março de 2017

❝Quando Deus fez o mundo, escolheu enchê-lo de animais, e decidiu dar uma qualidade especial para cada um. Todos os animais formaram diante Dele uma longa fila, e o gato, calmamente, foi para o fim da fila. Deus deu ao elefante e ao urso a Força, ao coelho e ao cervo a Velocidade, a Sabedoria à coruja, Beleza aos pássaros e borboletas, Esperteza para a raposa, Inteligência para o macaco, Lealdade para o cão, Coragem para o leão, Alegria para a lontra... Todas estas coisas os animais haviam pedido para ter. Afinal, ao fim da fila, o pequeno gato sentou-se e esperou paciente. Deus perguntou-lhe: - O que terá você ?
Ao que o gato encolheu os ombros e respondeu:
- Qualquer coisa me servirá. Eu não ligo.
E Deus disse: - Mas eu sou Deus ! Quero lhe dar algo especial !
E o gato, espertamente, respondeu:
- Então me dê um pouco de tudo, por favor !
E Deus, rindo-se da enorme inteligência do animal, deu para o gato a soma de todas as qualidades dos animais, mais a graça e a elegância, e um gentil ronronar, para que ele sempre atraísse os homens e conquistasse seus lares.❞
"Não fique chateado com quem sumiu quando você mais precisou. Às vezes Deus esconde as muletas para que finalmente Ele seja a sua única opção de apoio".
Juliano Matos


🍃🌟🍃🌟🍃🌼🍃🌟🍃🌟🍃
"Aquilo que mais nos faz falta, aquele amor que não deu muito certo, aquele sonho que não realizamos, aquela história que terminou antes do tempo, aquela saudade que não passa, aquele desejo inexplicável, aquele sentimento que não se descreve por palavras. As nossas maiores faltas, as nossas maiores perdas, os nossos maiores sentimentos, aquilo que nos dói no fundo da alma, aquilo que marcou intensamente, guardamos, protegemos, não expomos, não dizemos em palavras, apesar de sentirmos praticamente a todo segundo, a cada suspiro."
🍃🌟🍃🌟🍃🌼🍃🌟🍃🌟🍃

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Eu preciso de alguém que tenha medo de me perder. Alguém que me queira e que me tenha. Alguém que não se canse de mim, do meu jeito, minhas manias e sorrisos. Eu preciso de alguém que não ligue para os meus surtos, pra minha bipolaridade e acima de tudo, eu preciso de alguém que precise de mim.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

A distancia
A distancia que separa os corpos jamais separa as mentes,
pois quando acharmos que estamos só e sem aquele alguém
que tanto nos é especial, recebemos a condição de sempre
estarmos próximos e mais do que nunca podermos sempre
demonstrar em forma de sentimentos o quanto queremos bem
esse alguém. Por isso não nos apeguemos a palavra distancia,
esqueçamos as condições de não podermos estar perto fisicamente, porque com certeza estaremos sempre perto espiritualmente daqueles que nos são muito importantes e é essa certeza de que a distancia não existe é que nos fortalece e nos permite estar ligados através da boa prece e principalmente do amor que sentimos.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Perdi as contas das vezes que abri a janela do bate-papo, em busca do seu perfil. Eu lia e relia nossas conversas, lembrava dos nossos momentos de risadas bobas, discussões e das conversas que me faziam ir dormir feliz. Pensei até em falar um: "Oi, sinto sua falta", mas parei e pensei um pouco. Pensei nas lágrimas que já foram derramadas e apaguei a mensagem. Fechei o bate-papo, desliguei o celular e me deitei. Não foi por falta de coragem, mas porque o orgulho foi maior, a ponto de deixar perder a pessoa que tanto amo...
- Pedro R.
Hoje eu não queria muita coisa, apenas um abraço daqueles bem fortes e ouvir um: "acredite, eu me importo com você..."

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Mas nós sabemos, bem lá no fundo, que algumas coisas ficam com a gente para sempre. Todos nós temos um tchau que incomoda, uma falta que aperta, um abraço que não foi dado, uma virgula no lugar de um ponto final. Ninguém escapa, meu amigo. Todo mundo tem um choro guardado para uma madrugada qualquer de quarta feira. 
— Por isso acabou.

domingo, 8 de janeiro de 2017


É engano achar que o tempo afasta as pessoas da gente, na verdade o tempo revela as relações fracas, aquelas que são apenas folhas secas esperando o tempo soprar um pouquinho mais forte para elas irem embora.

"Que Deus afaste de nós tudo que for pouco. Afaste o pouco amor, a pouca atenção, o pouco cuidado, a pouca proteção. E principalmente o que for pouca luz. Porque coisa pouca ninguém merece."

Lana