sexta-feira, 14 de julho de 2017

Sempre que uma pessoa nos provoca emocionalmente, ela merece um segundo olhar... Seja por uma qualidade que possui e que desejamos desenvolver ou por um defeito que não identificamos em nós. Uma pessoa muito agitada, por exemplo, poderá se incomodar com a calma da outra, pois precisa desenvolver o seu próprio equilíbrio íntimo. Alguém muito inseguro poderá ficar acuado e ácido diante de uma pessoa autoconfiante. É autodefesa! Antes de observar as outras pessoas com críticas... É bem mais construtivo as observar como espelhos. O nosso autoconhecimento pode acontecer por muitas vias. Grandes transformações em nossas vidas surgem através de relações incomuns. Observe o mundo, as pessoas, a si mesmo. Ouse enxergar além do óbvio! *Lígia Guerra*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Nós iremos nos  reconhecer no  Céu.O amor que  vivemos nunca  vai morrer. Amor não morre. Amor se transforma. Amar é acreditar que o ...