sábado, 13 de abril de 2013







Ás vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado. Às vezes nos falta esperança. Às vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa. 

Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar... é nossa razão de existir. Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino. 

Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração pela falta de uma única pessoa. Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver, até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um por do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto, é a força da natureza nos chamando para a vida. 

Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade. Você entende que o que para você era amizade, para outros era apenas conveniência, oportunismo.

Você descobre que algumas pessoas nunca disseram eu te amo, e por isso nunca fizeram amor, apenas transaram... descobre também que outras disseram eu te amo uma única vez e agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-las a reconstruir um coração quebrado.

Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores importantes... Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas ideias e planos, para saber se vocês combinam, e certifique-se de que quando estão juntos aquele abraço vale mais que qualquer palavra...

Esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa te deixar, então nada irá lhe restar. Aproveite sua família que é uma grande felicidade, quando menos esperamos iniciam-se períodos difíceis em nossas vidas.

Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento, manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco, pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda mais intenso, do que teria sido no passado.

Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário, existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo. Não procure querer conhecer seu futuro antes da hora, nem exagere em seu sofrimento, esperar é dar uma chance à vida para que ela coloque a pessoa certa em seu caminho.

A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna. A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não esteja apenas de passagem...


"Procure os seus caminhos,
mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!"

Fernando Pessoa
"A simplicidade e a liberdade são buscadas por muitos...
Mas por que as pessoas não vivem as coisas simples e
se aprisionam em padrões antigos e caminhos ditados?
O amor deveria ser simples, os caminhos iluminados e os sonhos possíveis.
e não são?"
(Carolina Salcides)

REORGANIZE AS GAVETAS

... pinta um sorriso na alma, veste teus dias com cor. 
Realça o que vem de dentro, esquece o que não toca o peito, desliga o motor chamado ressentimento.
Reorganize as gavetas, e as lembranças. 
Jogue fora as mágoas, 
delete da cabeça os momentos ruins.
Invoque uma prece, um pedido aos céus, não se limite por aquilo que passou.
Entenda, aumente o volume das boas vibrações, emane energia positiva, agradeça.
Recomece quando for preciso.
Coloque em prática a vontade de ser feliz.
Aprenda com os erros, sem supervalorizá-los.
E se perdoe.
Sempre.
Não julgue teus tropeços, olhe para frente e ao seu redor.
Tem muito amor pra se repartir e uma porção de coisa bonita pra enfeitar o novo.
Não se auto julgue, não se perca por não saber onde mora a piedade, se ame, se revolte, mas volte a montar a tua vida em cima do que virá.
(Ju Fuzetto e Karla Tabalipa)

quinta-feira, 11 de abril de 2013

GOSTO DA NOITE


Cheguei à janela e olhei para o céu, um movimento que faço várias vezes até sentir o meu dia concluído e esperar a vinda do novo. Entendi, de repente, porque gosto tanto da noite, desde sempre: pelo silêncio dela. Eu sei que o silêncio pode ser ameaçador. Sei que muitas vezes põe pra tocar, no volume mais alto, músicas que nossos sentimentos cantam e que falam de coisas que a gente nem sempre quer ouvir. Mas o silêncio é também alimento. O silêncio é também descanso.
(Ana Jácomo)

sábado, 6 de abril de 2013

HÁ PESSOAS...

“Existem pessoas que fazem parte da nossa vida porque carregam consigo uma parcela preciosa da nossa história. Umas conhecem segredos, outras silêncios. Umas viram-nos a chorar, outras a rir. Umas confiaram em nós, outras enganaram-nos. Umas amámos, outras amaram-nos. Umas souberam escutar-nos, outras falaram demasiado sobre nós. Umas viveram connosco, outras mostraram-nos a porta de saída. Umas ficaram, outras partiram. Contudo, todas, sem excepção, deixaram algo delas e levaram alguma coisa de nós. Não tem como não ser assim. É esta simbiose que nos faz hoje ser quem somos.”

José Micard Teixeira