terça-feira, 27 de agosto de 2013

As vezes parece tudo estar perdido, sem saída, você se vê no meio de uma tempestade, aonde dá a impressão que o universo não esta conspirando ao seu favor... e é exatamente ai que Deus começa a agir, a trabalhar, ele vem com uma voz agradável, fala ao teu ouvido, ao teu coração e com apenas um sopro tudo volta ao lugar.

O seu alivio será instantâneo, você irá respirar, suspirar, e voltar a sorrir, deixando para trás como um aprendizado todo aquele sofrimento.

Quando algo assim acontece, você sente, você vive, uma experiencia única e individual, você se torna invencível, determinado, entende que por mais que esteja difícil, que por mais que não entenda o porque de certas coisas, de repente, tudo pode mudar...

Você de inicio se sente frágil, apesar do otimismo, sabe que precisará de muita força Divina para se manter e continuar em pé. E receberá... basta acreditar naquele que acalmou a tempestade e te colocou de volta ao lugar do sol. Deus quer que você deixe ele agir, deixe ele permanecer no centro, no comando da sua vida... não pense que você não precisa dele... se entregue a ele de corpo, alma, espirito e coração.

Você receberá renovo em sua maneira de se comportar, de caminhar, no seu falar... Não queria enxergar somente o que você quer enxergar, deixa Deus te dar uma nova visão, aquela que vem do alto... Obstáculos e desafios existem apenas para os fortes e guerreiros, dias difíceis vem para todos...

Não sinta medo, enfrente um a um...e você então... depois de cada luta, receberá a vitória!

Thaís Fernanda
Observar antes de falar, e quando falar, usar o tom e as palavras corretas... Pensar demais, sonhar demais, esperar demais, perder demais, (o que não queria ter perdido) encontrar demais... Sorrir a toa, chorar também a toa, ser incrível, ser sensível... ouvir a mesma musica várias vezes, porque nela diz tudo o que você precisava dizer... e talvez não tenha coragem de dizer. Lembrar do passado como a melhor parte de sua vida, viver o presente com todo o seu gás, esperar o futuro sem ter pressa. Idealizar, desejar muito algo e atrair para si, quando atrair, desejar mais ainda e atrair denovo, quantas vezes forem necessárias até que a sua vontade seja cumprida. Viver de encontros e desencontros, de muitos sonhos e um pouco de pesadelos, mas com a certeza de que o bem sempre vence o mal. Uma energia que só se abastece, que quando começa a se descarregar vem algo enviado por Deus e a carrega outra vez. E a vida vai girando cada vez mais rápido... ou você a acompanha e aumenta os seus passos, ou você ficará para trás, e você já sabe que depois para voltar ao estado atual será um tanto quanto cansativo, pois você terá que correr contra o tempo perdido. Se você conseguir sintonizar e equilibrar o seu andamento com a sua vida, e saber que tudo tem um porque, você terá grandes chances de chegar lá , com muito mais entendimento e uma grande aliada que só se conquista com os anos... a sabedoria!

Thaís Fernanda

Maná - vivir sin aire

sábado, 24 de agosto de 2013

“Parte de mim quer ir embora, parte de mim quer ficar. Ainda não terminei de gostar de você.”

Gabito Nunes
 
A verdade é que ninguém sabe realmente o que se passa dentro do outro.
Ninguém conhece na íntegra os seus caminhos.
Ninguém sabe dos seus risos
Ninguém sabe das suas lágrimas
Ninguém sabe o que o levou a tomar essa ou aquela decisão...
Tudo o que se sabe são meras suposições.
Então jamais julgue a ninguém. Até porque como pobres humanos que somos não estamos capacitados a exercermos juízo sobre a vida de ninguém.
Tudo o que podemos fazer é amarmos uns aos outros e sempre que possível elevarmos aos céus uma prece.

Arnalda Rabelo
Tem dias que seguem normalmente e outros que a saudade aperta. E a gente vai conhecendo tanta gente, mais ninguém tem seu jeito, seu sorriso, seu cheiro. E a gente vai tentando esquecer o que é tão certo quanto o sol que nasce todos os dias...essa certeza de que não vai passar, essa certeza de que você é pra sempre. Mesmo que eu tente, mesmo que eu queira... você sobrevive!(Elma Ramos)

domingo, 18 de agosto de 2013

VOCÊ É...


Você é os brinquedos que brincou, as gírias que usava, você é os nervos a flor da pele no vestibular, os segredos que guardou, você é sua praia preferida, Garopaba, Maresias, Ipanema, você é o renascido depois do acidente que escapou, aquele amor atordoado que viveu, a conversa séria que teve um dia com seu pai, você é o que você lembra.

Você é a saudade que sente da sua mãe, o sonho desfeito quase no altar, a infância que você recorda, a dor de não ter dado certo, de não ter falado na hora, você é aquilo que foi amputado no passado, a emoção de um trecho de livro, a cena de rua que lhe arrancou lágrimas, você é o que você chora.

Você é o abraço inesperado, a força dada para o amigo que precisa, você é o pelo do braço que eriça, a sensibilidade que grita, o carinho que permuta, você é as palavras ditas para ajudar, os gritos destrancados da garganta, os pedaços que junta, você é o orgasmo, a gargalhada, o beijo, você é o que você desnuda.

Você é a raiva de não ter alcançado, a impotência de não conseguir mudar, você é o desprezo pelo o que os outros mentem, o desapontamento com o governo, o ódio que tudo isso dá, você é aquele que rema, que cansado não desiste, você é a indignação com o lixo jogado do carro, a ardência da revolta, você é o que você queima.

Você é aquilo que reinvidica, o que consegue gerar através da sua verdade e da sua luta, você é os direitos que tem, os deveres que se obriga, você é a estrada por onde corre atrás, serpenteia, atalha, busca, você é o que você pleiteia.

Você não é só o que come e o que veste. Você é o que você requer, recruta, rabisca, traga, goza e lê. Você é o que ninguém vê.
Martha Medeiros
"Não sei de que lugar vem esse vazio estranho,
e que por vezes contamina a minha alma...
Uma sensação de ser uma pessoa sozinha,
que pesa,
incomoda,
dói...
Um sentimento estranho de tentar ser tanto
e não ser nada...
De tentar alcançar tudo
e ter braços curtos...
De amar tanto,
e não ser lembrada...

(Carla Véras)

sábado, 10 de agosto de 2013

Não quero olhar para trás, lá na frente, e descobrir quilômetros de terreno baldio que eu não soube cultivar. Calhamaços de páginas em branco à espera de uma história que se parecesse comigo. Não quero perceber que, embora desejasse grande, amei pequeno.
Ana Jácomo
 
Quantas vezes você olhou para cima com os olhos cheios de lágrimas e pediu a Deus  forças para continuar???

Change the World-Eric Clapton-Tradução em Portugues

"Nós iremos nos  reconhecer no  Céu.O amor que  vivemos nunca  vai morrer. Amor não morre. Amor se transforma. Amar é acreditar que o ...