sábado, 24 de agosto de 2013

A verdade é que ninguém sabe realmente o que se passa dentro do outro.
Ninguém conhece na íntegra os seus caminhos.
Ninguém sabe dos seus risos
Ninguém sabe das suas lágrimas
Ninguém sabe o que o levou a tomar essa ou aquela decisão...
Tudo o que se sabe são meras suposições.
Então jamais julgue a ninguém. Até porque como pobres humanos que somos não estamos capacitados a exercermos juízo sobre a vida de ninguém.
Tudo o que podemos fazer é amarmos uns aos outros e sempre que possível elevarmos aos céus uma prece.

Arnalda Rabelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário