sábado, 10 de agosto de 2013

Não quero olhar para trás, lá na frente, e descobrir quilômetros de terreno baldio que eu não soube cultivar. Calhamaços de páginas em branco à espera de uma história que se parecesse comigo. Não quero perceber que, embora desejasse grande, amei pequeno.
Ana Jácomo
 

Um comentário:

  1. Difícil né Márcia? Mas nunca é tarde para começar um novo plantio e com certeza a colheita será bem melhor.
    Bjo grande em seu coração.

    ResponderExcluir

É, eu tive que cair na real. Por mais que eu quisesse viver todos aqueles sonhos malucos ao teu lado, eu tive que cair na real. Mesmo sem e...