sexta-feira, 14 de julho de 2017

Quem nunca enfrentou um perrengue na vida?!?! Contar a grana para passar o mês, fazer um plano no qual nada dá certo e ter que recomeçar tudo de novo, um chefe chato, um corte de cabelo errado, um namoro equivocado. No momento do sufoco parece que o tempo não passa... Depois lembramos daquelas confusões como lições e até com ótimas gargalhadas!!! Quem não passa por apuros não aprende a flexibilizar, a ter jogo de cintura e se recriar. Torna-se chato, autocentrado e engessado. Perrengue dos bons nos apresenta amigos incríveis, deixa clara a nossa pequenez diante da vida e acima de tudo nos ensina a rir de nós mesmos. Afinal... Quem disse que só os outros "merecem" enfrentar dificuldades? Por vezes teremos que mudar de rota, reprogramar o trajeto, quem sabe até sair pela a janela... Mas qual sentido teriam as nossas vidas sem as nossas histórias? *Lígia Guerra*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Nós iremos nos  reconhecer no  Céu.O amor que  vivemos nunca  vai morrer. Amor não morre. Amor se transforma. Amar é acreditar que o ...