domingo, 29 de julho de 2012

Algumas pessoas se destacam para nós. Não há

 argumento capaz de nos fazer entender exatamente

 como isso acontece. Porquê dançam conosco com mais 

leveza nessa coreografia bela, e tantas vezes

 atrapalhada, dos encontros humanos. Muitas vezes

 tentamos explicar, em vão, a medida do nosso bem-

querer. A doçura de que é feito o olhar que lhes

 dirigimos. O sentimento que nos move para ajudá-las a

 despertar um único sorriso. Não importa quando as

 encontramos no nosso caminho. Parece que estão na

 nossa vida desde sempre e que mesmo depois dela 

permanecerão conosco".

Ana Jácomo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

É, eu tive que cair na real. Por mais que eu quisesse viver todos aqueles sonhos malucos ao teu lado, eu tive que cair na real. Mesmo sem e...