sexta-feira, 20 de julho de 2012


"Amor... sublime sentimento... fonte de saúde e alegria... remédio natural que nos proporciona Paz e Harmonia!
Não tem que ir ao médico, nem ao terapeuta... nem de ampola e agulha para receber e doar o AMOR... não é remédio amargo, não precisa de hospital, nem apertar pontos do corpo para desbloquear a energia acumulada... Tão simples assim é o AMOR... mas ninguém sabe usar... ...

Quando vamos trocar as dores, doenças, traumas, angústias... por este nobre sentimento? É que nosso EGO é maior... muito grande... não dá espaço ao AMOR.

Ainda somos de xingar, bater pé, rodar baiana, soltar a franga, tomar partido, brigar por qualquer razão, culpar... Pobres de nós! Assim vamos adiando nossa FELICIDADE, nossa LIBERDADE, nossa ligação com a DIVINDADE. O equilíbrio só haverá quando não restar ressentimentos, mágoas, ódios, desrespeitos, e todos os outros filhos do egoísmo e da vaidade...

A cura para todos os males é o AMOR, não existe outro jeito... pois enquanto o AMOR não preencher todo o nosso ser, sendo parte do cotidiano, atrairemos imperfeição. Portanto, vamos AMAR, perdoar, praticar carinho e afeto... usando e abusando da GENTILEZA... Afinal... gentileza gera gentileza e o AMOR brota onde o solo é fértil de paciência e respeito."


 SanJordão
(Gotinhas de Otimismo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É, eu tive que cair na real. Por mais que eu quisesse viver todos aqueles sonhos malucos ao teu lado, eu tive que cair na real. Mesmo sem e...