segunda-feira, 5 de janeiro de 2015



Talvez em seu coração gelado não haja lugar para um amor 
tão dedicado.
Talvez em sua vida corrida não percebeu como por
mim era querida.
Talvez em seu mundo de dor, esqueceu que 
te tratei como flor.
Talvez em sua vida sozinha não se 
recordará mais da minha.
Talvez nessas voltas da vida se arrepende
da despedida.
Talvez nesse mundo de louco
se lembre as vezes de mim um pouco.
Talvez no final da jornada 
eu já não me lembre de nada.
Talvez quando de mim se lembrar
eu já não estou aqui para voltar.
Talvez quando a saudade sentir
eu já não poderei mais vir.
Talvez na vida você tenha sido
o meu amor proibido.
Talvez, um dia outra vez, talvez!
Sergio Fornasari

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É, eu tive que cair na real. Por mais que eu quisesse viver todos aqueles sonhos malucos ao teu lado, eu tive que cair na real. Mesmo sem e...