sábado, 18 de fevereiro de 2017

Perdi as contas das vezes que abri a janela do bate-papo, em busca do seu perfil. Eu lia e relia nossas conversas, lembrava dos nossos momentos de risadas bobas, discussões e das conversas que me faziam ir dormir feliz. Pensei até em falar um: "Oi, sinto sua falta", mas parei e pensei um pouco. Pensei nas lágrimas que já foram derramadas e apaguei a mensagem. Fechei o bate-papo, desliguei o celular e me deitei. Não foi por falta de coragem, mas porque o orgulho foi maior, a ponto de deixar perder a pessoa que tanto amo...
- Pedro R.

Nenhum comentário:

Postar um comentário