quarta-feira, 27 de junho de 2012

CARTA

REMETENTE : EU
DESTINATÁRIO : EU

Escrevo enquanto te olho por dentro. O que vejo nem precisa ser bonito, nasci para amar tudo que vem de você. Escrevo pra te fazer um afago, porque te conheço inteira, naquela hora em que tudo é silêncio e sombra, naquela hora em que sua gargalhada é um sol. Desse seu corpo que nasceu para abraçar, eu conheço cada poro. Conheço cada sopro, cada falha na tua voz. T...oda a força do teu canto desafinado eu conheço.

Eu te conheço doendo. Eu te conheço em paz. E sei quando você finge que nunca fingiu que não estava triste. E é por isso, que eu sou a pessoa que mais poderia amar você. Porque não me interessa aonde você erra, me interessa o que você aprende, apreende, absorve. Me interessa é como você se transforma. Interessa é o teu olhar de novidade derramado sobre as coisas simples e cotidianas como se descobrisse a essência do mundo diariamente.

Eu te conheço arrasada, opaca, ferida, feroz. Rabugenta. Confusa. E não é menos você. É a outra ponta do extremo. A totalidade. Eu te conheço não sendo ingênua, mas optando por acreditar no outro de novo, de novo, de novo. Mas só até a terceira vez. Eu te conheço com um mau-humor contagiante, com uma disposição esfuziante, com uma alegria solitária, com todos os teus amigos na praia ou sozinha com os teus livros.

Eu nasci pra amar você porque sei dos teus desesperos, tropeços, anseios. Sei da tua honestidade quando sente. E dessa intranquilidade pela falta de ambição. Te conheço acordando de madrugada só pra anotar uma frase. E fazendo da prosa poética teu sossego. Da vontade que você tem de voltar logo pra casa só pra escrever aquele texto que nasceu durante a caminhada. Das tuas roupas com cores desencontradas, da tua mania de fazer caretas para dar risada, da tua irritação com pessoas desconectadas. Tua preocupação com o lixo. Teu preconceito com o excesso de luxo. E o teu namoro com a escrita.

Você vive para a palavra, mas anseia viver exatamente aquilo que ela não alcança. E é por isso que eu te amo além do amor. Eu te amo para sempre. Hoje.

( Marla de Queiroz )
Ver mais

3 comentários:

  1. Simplesmente maravilhoso. Como o amor pode ser tudo e nada e quando nós menos esperamos.
    Bjo no coração.

    ResponderExcluir
  2. Oi Márcia!
    Vim por indicação da Mara e me apaixonei por seu cantinho.

    Que uma carta maravilhosa assim possa ser escrita por cada um de nós!

    Beijos no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente por você vir. Beijos!!!!

      Excluir

Escrito por Monika Jordão. Prepare-se, não vai ser simples me conquistar. Você tem certeza de que está disposto a isso? Eu não sou inco...